Última hora

Última hora

Inundações na Europa Central já mataram 12 pessoas

Em leitura:

Inundações na Europa Central já mataram 12 pessoas

Tamanho do texto Aa Aa

As inundações na Europa central já fizeram uma dúzia de vítimas mortais. Debaixo de água estão vastas regiões da Alemanha, Áustria, República Checa, Hungria, Polónia e Ucrânia.

Na Alemanha, cerca de dez mil pessoas tiveram que abandonar as áreas de residência. A situação mais dificil vive-se ainda nas cidades de Dresden e Meissen.

Angela Merkel deslocou-se, esta terça-feira, às cidades de Passau, na Baviera, Pirna, na Saxónia e Greiz, na Turíngia e prometeu uma ajuda de 100 milhões de euros às regiões sinistradas.

Os media alemães não passaram ao lado da comparação com a visita ao terreno de Gerard Schroder, nas cheias de 2002, com a qual o chanceler da altura conseguiu inverter a tendência do voto, numa campanha eleitoral que não lhe era favorável. Merkel também está em pré-campanha para as eleições de setembro.

Para além da Alemanha ,são todos os países das margens do Danúbio e do Reno que estão sob a pressão da súbida das águar. A navegação nos dois rios está interrompida, pelo menos até quinta-feira.

De acordo com as previsões meteorológicas, esperam-se nos próximos dias fortes precipitações ainda em algumas regiões da Alemanha, da Eslováquia e da Hungria, onde o estado de alerta foi lançado para esta noite.