Última hora

Última hora

Eleições europeias vão ter baixa participação, revela sondagem

Em leitura:

Eleições europeias vão ter baixa participação, revela sondagem

Tamanho do texto Aa Aa

A um ano das eleições europeias, a perspetiva é de que apenas metade dos cidadãos se dirijam às urnas, de acordo com uma sondagem Gallup Europa, realizada em seis países (Dinamarca, França, Alemanha, Holanda, Polónia e Reino Unido).

O estudo mostra o aumento do cepticismo com as instituições: entre 39% e 62% dos entrevistados considera que a União Europeia (UE) vai na direção errada.

O diretor da Gallup Europa, Robert Manchin, explica que “as pessoas duvidam da capacidade da UE. Duvidam que possa resolver problemas importantes como o emprego, as pensões, respeito pela identidade e como lidar com a imigração. São as questões vistas como mais importantes e os cidadãos pensam que a elite política não lhes sabe dar uma resposta”.

As eleições de 2009 tiveram a mais baixa participação de sempre, com apenas 43% a deslocarem-se às urnas, quando a crise começava a despontar.

Mas em 2014, diante de uma taxa de desemprego histórica e com muitos países da zona euro em recessão, o estudo revela que pode haver uma forte votação nos partidos nacionalistas e anti-UE.

As eleições decorrem entre 22 e 25 de Maio, tendo Portugal optado pelo último dia.