Última hora

Última hora

Espanha promete a Bruxelas reforma tributária em 2014

Em leitura:

Espanha promete a Bruxelas reforma tributária em 2014

Tamanho do texto Aa Aa

Uma reforma tributária em 2014 que ajude ao crescimento económico é a promessa do governo espanhol à Comissão Europeia, na visita a Bruxelas, esta quarta-feira.

O chefe de governo, Mariano Rajoy, assumiu a determinação de conter o défice nos 6,5%, em 2013, e obteve aplausos pelas reformas já feitas, num país com seis milhões de desempregados.

“Não quero subir impostos, não tenho interesse em fazê-lo, mas temos um compromisso inevitável – a consolidação orçamental – e é por isso que tive de o fazer. Espero não ter de voltar a fazê-lo neste mandato, mas talvez sejam necessários ajustes, reduzindo uns, modificando outros. Mas espero poder baixar, assim que possível, os impostos sobre o rendimento dos indivíduos”, explicou Mariano Rajoy.

O chefe de governo deixou claro que o IVA não é um dos impostos incluídos na reforma, tal como tinha pedido a Comissão Europeia, e que nem sequer vai rever a lista dos produtos que têm um valor mais reduzido.

Em antevisão da cimeira dos chefes de Estado e de Governo focada no combate ao desemprego jovem, no final deste mês, Rajoy disse que é preciso encontrar respostas para o comum dos cidadãos.