Última hora

Última hora

Incêndio no metro de Moscovo provoca grande susto mas sem vítimas

Em leitura:

Incêndio no metro de Moscovo provoca grande susto mas sem vítimas

Tamanho do texto Aa Aa

O metro de Moscovo foi evacuado esta manhã depois de ter deflagado um incêndio num dos túneis. Para já há apenas feridos ligeiros, por inalação de fumo, que foram levados para o hospital. cerca de 4500 foram retiradas do metro.
O incêndio pode ter sido provocado por um curto-circuito com cabos de alta tensão, no túnel que liga as estações Okhotnik Riad e Biblioteca Lenine, de acordo com Ministério para Situações de Emergência da Rússia.
Algumas das pessoas que estava no metro relataram os momentos que se viveram durante a manhã. Um homem explicou “estavamos no metro quando, de repente, a composição parou e havia muito fumo. Disseram-nos que iamos avançar mas era irrespirável, havia muito fumo.” Uma outra mulher afirmou: “estivemos dentro do metro cerca de uma hora, foi assustador. Havia muito fumo, não se conseguia respirar. Houve muito pânico, mas também houve reações diferentes: alguns partilharam água, outros tentaram abrir as portas, mas foram impedidos.”

Toda a circulação na linha vermelha do metropolitano de Moscovo, uma das mais importantes e movimentadas à hora de ponta, foi interrompedida, mas já foi restabelecida.
O metro de Moscovo é um dos maiores do mundo. Com mais de 100 estações, transporta cerca de nove milhões de passageiros por dia.