Última hora

Última hora

Síria: Qusair tomada pelo regime com a ajuda do Hezbollah

Em leitura:

Síria: Qusair tomada pelo regime com a ajuda do Hezbollah

Tamanho do texto Aa Aa

A ofensiva contra os rebeldes sírios em Qusair já durava há várias semanas mas só com a ajuda dos libaneses do Hezbollah foi possível ao regime de Bashar al-Assad recuperar o controlo da cidade próxima da fronteira com o Líbano.

O anúncio foi feito esta quarta-feira pelas tropas do regíme.
A televisão oficial síria garante as operações das últimas horas provocaram algumas vítimas mortais. Os rebeldes dizem que centenas de pessoas foram mortas pelas formas armadas sírias nos combates em Qusair.

A agência de notícias oficial “Sana” acrescentou que os soldados governamentais apreenderam armas e destruíram os abrigos dos grupos armados, além de desativar dezenas de artefatos explosivos que rebeldes colocaram em casas e em estradas para evitar o avanço das forças armadas.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos afirmou que foram elementos do grupo xiita Hezbollah, aliado do regime de Damasco, que tomaram Al Qusair após uma série de bombardeamentos do Exército.

A cidade, com cerca de 25 mil habitantes, é um enclave estratégico para os rebeldes por estar localizada na rota que liga o norte do Líbano, de maioria sunita, com a província central síria de Homs, o que permite o abastecimento de armas.

Para o regime de Assad, a cidade também é fundamental, já que está no eixo que liga Damasco com o litoral mediterrâneo e tem sido o bastião dos rebeldes nos últimos meses.