Última hora

Última hora

Ambiente de festa em Istambul antes do regresso de Recep Tayyip Erdogan à Turquia após um périplo pelo Magrebe

Em leitura:

Ambiente de festa em Istambul antes do regresso de Recep Tayyip Erdogan à Turquia após um périplo pelo Magrebe

Tamanho do texto Aa Aa

Ambiente de festa na Praça Taksim em Istambul, esta quinta-feira, após seis dias de violentas manifestações. Um ambiente que não deverá durar muito tempo, na medida em que Recep Tayyip Erdogan rejeita ceder às pressões dos manifestantes.

De visita à Tunísia, o primeiro-ministro turco confirmou que não volta atrás com o projeto urbano que está na origem da contestação e que prevê a demolição de uma parte do Parque Gezi junto à Praça Taksim para a reconstrução de uma caserna da época otomana.

Na conferência de imprensa com o primeiro-ministro tunisino, Ali Larayedh, Erdogan insistiu que “há extremistas entre os manifestantes que estiveram envolvidos em atos de terrorismo e como sabem houve um ataque contra a embaixada dos Estados Unidos na Turquia.”

Em Ancara, a capital do país, a polícia bloqueou a passagem de perto de 150 manifestantes que pretendiam aproximar-se da embaixada norte-americana para protestar contra a repressão policial durante os seis dias de manifestações que fizeram três mortos e mais de quatro mil feridos, em várias cidades do país.

Erdogan regressa esta quinta-feira à Turquia depois de um périplo de três dias pelo Magrebe.