Última hora

Última hora

Gigantes da Internet acusados de informar FBI e NSA

Em leitura:

Gigantes da Internet acusados de informar FBI e NSA

Tamanho do texto Aa Aa

A Google, a Apple, a Yahoo e o Facebook negam fornecer ao governo norte-americano um “acesso direto” aos seus servidores.

O diário Washington Post revelou que nove gigantes da internet – incluindo também o Skype, o YouTube, o PalTalk, a AOL e a Microsoft – permitem à Agência Nacional de Segurança (NSA, sigla em inglês) dos Estados Unidos e ao FBI consultarem informações sobre os utilizadores, sem qualquer autorização judicial, ao abrigo de um programa secreto, chamado PRISM, em vigor desde 2007.

Segundo altos responsáveis da segurança norte-americana, o programa só visa estrangeiros que vivem fora dos Estados Unidos.

O artigo do Washington Post surgiu no mesmo dia em que o britânico The Guardian revelou que a administração Obama recolheu junto do operador Verizon dados telefónicos de milhões de cidadãos norte-americanos, no quadro da luta antiterrorista.