Última hora

Última hora

Grécia: Ópera oferecida a desempregados

Em leitura:

Grécia: Ópera oferecida a desempregados

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 1500 gregos desempregados fizeram uma pausa musical nas preocupações diárias, na passada quinta-feira, 6 de junho: assistiram ópera “The Flying Dutchman”, de Richard Wagner no antigo teatro de Herodes Ático, em Atenas.

Myron Michailidis, diretor artístico da Ópera Nacional da Grécia, explica que decidiram “que durante estes tempos difíceis não podemos fugir dos verdadeiros problemas que a sociedade enfrenta. Assim, com uma série de manifestações artísticas realizadas em diversos espaços, oferecemos ópera a um público mais amplo, porque acreditamos que é um tipo de entretenimento que as pessoas gostam. E é por isso que estamos a realizar este evento de hoje. “

O espétaculo gratuito serviu de ensaio geral, para a estreia que acontece no dia 7 de junho. Uma professora primária desempregada que esteve no antigo teatro lembra que “muita gente queria ver esta produção, mas por causa da situação económica no país, grande parte não o poderia fazer. Portanto, é uma boa oportunidade para esquecer, por alguns instantes, os problemas”.
Ou ator, também desempregado que assitiu à ópera acredita que “neste momento de crise que estamos a atravessar, pelo menos, os eventos culturais devem ser oferecidos generosamente ao povo. Porque é através da cultura que seremos capazes de ressuscitar.”

“The Flying Dutchman”, é uma das mais conhecidas óperas de Richard Wagner. Esta versão é dirigida pelo grego Yannis Kokkos e é a primeira produção da Ópera Nacional da Grécia para a temporada de verão.