Última hora

Em leitura:

Na Hungria, contra as cheias, todos os braços são poucos


Hungria

Na Hungria, contra as cheias, todos os braços são poucos

Nas margens do Danúbio, perto de Budapeste, a proteção civil não tem descanso. Muitas casas continuam inundadas.

Na aldeia de Leányfalu, o nível do rio subiu acima da estrada. Várias estradas principais foram encerradas e os habitantes da ficaram isolados. Uma mulher conta que os filhos ficaram sozinhos em casa e, se não conseguir chegar lá, terá de ir a nado.

Para impedir o nível das águas de subir ainda mais, todos os braços são poucos. Além dos soldados e bombeiros, há também muitos voluntários a participar nas operações.