Última hora

Última hora

Espionagem: Snowden desaparece em Hong Kong

Em leitura:

Espionagem: Snowden desaparece em Hong Kong

Tamanho do texto Aa Aa

Desapareceu o ex-técnico da CIA que revelou o esquema de espionagem da Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos. Edward Snowden abandonou esta segunda-feira o hotel de Hong Kong onde estava refugiado e não voltou a ser visto. Um jornalista do “The Guardian” declarou que Snowden continua em Hong Kong.

O departamento de Justiça norte-americano abriu um inquérito criminal a Snowden e irá, muito provavelmente, pedir que o técnico de 29 anos seja extraditado para os Estados Unidos.

No jornal ‘The Guardian’, os jornalistas consideram que Snowden “enfrenta agora uma situação muito difícil” e esperam que “nada de mal” lhe aconteça.

Snowden entregou ao jornal britânico e ao Washington Post, informações confidenciais sobre o PRISM, nome de código para o programa de espionagem que permite à NSA aceder ilegalmente aos dados e registos de comunicações dos utilizadores de empresas como a Google, Facebook ou Skype.

A revelação da existência deste “Grande Irmão”, ao melhor estilo orwelliano, relançou o debate sobre o direito à privacidade no quadro da luta contra o terrorismo. Alguns nova-iorquinos saíram à rua esta segunda-feira para dizerem que não querem ser vigiados pelo governo.