Última hora

Em leitura:

"Propaganda" homossexual punida por lei na Rússia


Rússia

"Propaganda" homossexual punida por lei na Rússia

A Rússia acaba de aprovar uma lei que proíbe a “propaganda” homossexual. A nova legislação é justificada com a necessidade de promover os valores familiares.

Em termos práticos, estão proibidas ações ou atividades que desviem os menores daquilo que é considerada uma relação tradicional, ou seja, heterossexual. As coimas podem chegar aos 25 mil euros.

“ O objetivo é evitar a disseminação de informação que fomente as relações não tradicionais entre as crianças e tudo aquilo que distorça a perceção de equidade social entre as relações tradicionais e não tradicionais” afirma a deputada, Elena Mizulina.

Os ativistas homossexuais falam de uma perseguição. Centenas de pessoas concentraram-se, esta terça-feira, junto à Duma em sinal de protesto.

“Não posso apoiar uma lei que visa um grupo em particular, que estigmatiza as pessoas e as classifica, com base no sexo, em boas ou más” refere uma jovem.

Certo é que a nova legislação proíbe, a partir de agora, qualquer tipo de manifestação homossexual em todo o país, tal como já acontecia em São Petersburgo, terra natal de Vladimir Putin.

Os protestos junto à Câmara Baixa do Parlamento não conseguiram evitar a aprovação da lei. Pelo menos duas dezenas de ativistas acabaram por ser detidos.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Greve em França afeta voos em toda e Europa