Última hora

Última hora

Grécia em protesto geral

Em leitura:

Grécia em protesto geral

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia paralisada esta quinta-feira pela greve geral contra o fim da emissora pública de rádio e televisão “ERT”.

Desde a madrugada de ontem os trabalhadores ocupam as instalações apesar do encerramento oficial efectivo.

Os funcionários emitem informações de forma contínua que são retransmitidas através de canais de outras redes.

Georgios Milionis, membro da Comissão de trabalhadores:
“Esta é uma luta muito importante que afeta todos, porque o projeto de lei não é apenas sobre ERT, trata-se de milhares de outros trabalhadores também, porque é uma luz verde para o despedimento de milhares pessoas em empresas públicas”.

A este protesto juntaram-se os sindicatos dos transportes públicos, controladores aéreos, hospitais que só oferecem serviços mínimos. No setor privado, apenas os bancos aderiram ao conjunto das convocações sindicais.

“Eu concordo com a greve, mas em relação a ERT, na minha opinião, ambos os lados têm razão. Por um lado, as pessoas estão a ser despedidas mas por outro lado existe demasiado pessoal na empresa. Somos nós que pagamos a conta.

O primeiro-ministro Antonis Samaras defendeu ontem a decisão de fechar a emissora pública com o argumento de que era necessário acabar com um sistema de desperdício e de privilégios para poucos.