Última hora

Última hora

Aliada do primeiro-ministro checo acusada de abuso de poder

Em leitura:

Aliada do primeiro-ministro checo acusada de abuso de poder

Tamanho do texto Aa Aa

A chefe de gabinete do primeiro-ministro checo foi acusada de abuso de poder.

Na mira da justiça estão, no total, sete pessoas detidas esta semana durante operação de combate ao crime organizado.

A investigação começou em 2012. O puzzle terá ficado completo graças às escutas telefónicas feitas a um empresário checo que está a ser investigado por suspeitas de fraude e suborno a políticos.

Nos últimos dias, a polícia passou a pente fino, as casas dos suspeitos e vários edifícios governamentais. Durante o raide foram apreendidos milhares de coroas checas e vários quilogramas de ouro.

O chefe de governo afirma não ter cometido qualquer ilegalidade e recusa, por isso, demitir-se.

O primeiro-ministro está debaixo de fogo após a detenção de alguns dos aliados. Uma situação que ameaça fragilizar o governo conservador minoritário no poder. O principal partido da oposição já anunciou que vai apresentar uma moção de censura no parlamento.