Última hora

Última hora

Estados Unidos podem apoiar rebeldes na Síria

Em leitura:

Estados Unidos podem apoiar rebeldes na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

Um relatório americano diz que há provas fiáveis de que mais de uma centena de pessoas morreram na Síria vítimas de agentes químicos. A informação tinha sido já avançada pelos serviços secretos franceses e por peritos das Nações Unidas mas só agora os americanos a confirmaram. Ben Rhodes, conselheiro sobre segurança, explica porquê:

“Estimamos que, até à data, 100 a 150 pessoas tenham morrido devido a ataques com armas químicas na Síria. Esta é apenas uma pequena parte da perda catastrófica de vidas no país, que ascende a mais de 90 mil, como já tinhamos dito, o uso de armas químicas viola as normas internacionais e ultrapassa a «linha vermelha» que existe na comunidade internacional há décadas.”

A utilização de armas químicas pelo regime sírio pressiona a administração Obama. Tudo aponta para que os Estados Unidos adotem, agora, opções militares de ajuda aos rebeldes ainda que não se espere uma intervenção efetiva no terreno.