Última hora

Última hora

Brasil: o grito da sociedade

Em leitura:

Brasil: o grito da sociedade

Tamanho do texto Aa Aa

Os protestos no Brasil contra o aumento dos preços dos transportes públicos estão a ganhar força. Na última noite 200 mil pessoas saíram à rua para exigir um país mais justo. O Rio de Janeiro transformou-se num sambódromo ao som da música do descontentamento.

Na contagem decrescente para o Mundial de Futebol, as atenções dos brasileiros voltam-se, agora, para a corrupção do poder político e para o que ficou por fazer em matéria de saúde e de educação.

De baixo de fogo está, também, a atuação da polícia nos primeiros dias de protesto, em São Paulo, que já levou à abertura inquérito.

As manifestações que se estendem um pouco por todo o país estão a ganhar adeptos de peso. É o caso, por exemplo, de Kaka e de Felipe Massa que expressaram através das redes sociais apoio a todos aqueles que lutam por um Brasil melhor.

Os manifestantes falam de um grito da sociedade.

A chefe de Estado diz que as manifestações pacíficas fazem parte da democracia, mas não explica como pretende lidar com o descontentamento nas ruas.

Os manifestantes prometem novos protestos para os próximos dias.