Última hora

Última hora

Homossexuais não podem adotar na Rússia

Em leitura:

Homossexuais não podem adotar na Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

Os parlamentares russos aprovaram em segunda leitura, um projeto de lei que proíbe casais homossexuais ou solteiros de adotar crianças em países que legalizaram as uniões entre pessoas do mesmo sexo.

“Nós não estamos prontos para enviar as crianças para os países que não podem garantir a sua segurança, que não se comunicam o suficiente com a parte russa para que pudéssemos controlar as condições de vida – como foi no caso com os Estados Unidos da América. Como tal, somos absolutamente contra a adoção de crianças russas por casais do mesmo sexo “.

O projeto de lei, que ainda deve ser aprovado pela câmara alta do Parlamento, além de assinado pelo presidente russo, teve o sim de 443 deputados.

O casamento entre pessoas do mesmo sexo é autorizado em 14 países, incluindo no Canadá, Bélgica, Espanha, e recentemente a França.

Em dezembro, Moscovo proibiu a adoção por americanos, em resposta à “lista Magnitski”, uma lei americana punindo responsáveis russos envolvidos na morte em 2009 do advogado Serguei Magnitski.