Última hora

Última hora

Vendas de carros caem para mínimos de duas décadas

Em leitura:

Vendas de carros caem para mínimos de duas décadas

Vendas de carros caem para mínimos de duas décadas
Tamanho do texto Aa Aa

Há 20 anos que não se vendiam tão poucos carros na União Europeia. Em maio, segundo a Associação Europeia de Construtores Automóveis, venderam-se pouco mais de um milhão de veículos. Trata-se do nível mais baixo desde maio de 1993.

Após a subida de 1,7% em abril, a primeira em 19 meses, o mercado voltou a cair. Desta vez recuou 5,9%.

No Reino Unido e na Bélgica as vendas subiram, mas em França a queda foi de 10,4% e na Alemanha, o maior mercado europeu, as vendas recuaram 9,9%.

A tendência negativa não deverá inverter nos próximos meses, tendo em conta a fraca procura, o elevado desemprego, a fragilidade económica na Europa e o excesso de produção. O ano de 2013 deverá ser, por isso, o sexto ano de crise do setor.

Entre as marcas, a francesa PSA Peugeot Citroën foi a mais atingida em maio. As vendas recuaram mais de 13%. Seguiram-se a General Motors, a Fiat e a Renault, com uma contração de dois dígitos.