Última hora

Em leitura:

Dolce e Gabbana condenados por fraude fiscal


Itália

Dolce e Gabbana condenados por fraude fiscal

Um tribunal de Milão condenou Domenico Dolce e Stefano Gabbana a um ano e oito meses de prisão por evasão fiscal. Os estilistas italianos, que já anunciaram a intenção de apresentar recurso, são acusados de defraudar o fisco em mil milhões de euros através da criação de uma série de falsas empresas sediadas no Luxemburgo.