Última hora

Última hora

Futuro do governo grego em suspenso

Em leitura:

Futuro do governo grego em suspenso

Tamanho do texto Aa Aa

Ainda não foi desta que os parceiros da coligação do governo grego se entenderam sobre o reinício das emissões do defunto canal público de televisão ERT. Mas há sinais de progressos. Após mais de três horas e meia de reunião, as discussões foram interrompidas, mas reiniciam esta quinta-feira à tarde. No entanto, as negociações vão para além da questão do canal, como explicou o correspondente da Euronews, Stamatis Giannisis.

“Esta foi a segunda reunião consecutiva dos parceiros de coligação que não deu frutos. Apesar de não ter havido um resultado claro, ficou óbvio que o maior problema não é apenas sobre o futuro do canal público de televisão, mas também sobre o futuro da própria coligação. E é isto que vão tentar resolver na próxima reunião desta quinta-feira à noite”, referiu.

O verniz estalou com a decisão unilateral do primeiro-ministro Antonis Samaras de encerrar a ERT. A justiça considerou a ação ilegal mas, não inviabilizou o desmantelamento.

A oposição contesta. Alexis Tsipras, líder do Syriza, de esquerda, visitou a ERT e afirma que a luta dos funcionários do canal é a luta pela democracia e coesão de todo o povo grego.