Última hora

Em leitura:

Guarda israelita mata judeu junto ao Muro das Lamentações


Israel

Guarda israelita mata judeu junto ao Muro das Lamentações

Um homem foi morto a tiro, esta sexta-feira, junto ao Muro das Lamentações, em Jerusalém, por um guarda israelita. De acordo com a polícia, a vítima era um judeu que terá sido confundido com um militante palestiniano.

O homem, de cerca de 40 anos, encontrava-se na casa de banho adjacente ao Muro das Lamentações. O polícia puxou da pistola e disparou vários tiros contra a vítima depois de o ouvir gritar “Allahu Akbar”, ou “Deus é Grande” em árabe.

O incidente acontece numa das áreas mais sensíveis de Jerusalém. O Muro das Lamentações é o local mais sagrado do Judaísmo. Por semana, milhares de judeus deslocam-se a Jerusalém para rezar.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Letónia: Chamas destroem telhado do castelo de Riga