Última hora

Última hora

Ucrânia: Caso Tymoshenko domina reunião entre Yanukovitch e Westerwelle em Kiev

Em leitura:

Ucrânia: Caso Tymoshenko domina reunião entre Yanukovitch e Westerwelle em Kiev

Tamanho do texto Aa Aa

Visita do ministro dos Negócios Estrangeiros alemão à Ucrânia, esta sexta-feira. Na visita a Kiev, Guido Westerwelle esteve reunido com o Presidente Viktor Yanukovitch. O caso Tymoshenko foi um dos temas marcantes do encontro.

Westerwelle apelou para que Yanukovitch permita que a antiga primeira-ministra se desloque à Alemanha para ser tratada dos problemas crónicos de que sofre.

Em conferência de imprensa, o chefe da diplomacia alemã afirmou ter deixado claro junto do Presidente que a Alemanha “insiste em resolver o caso Tymoshenko e que a proposta para tratar Iulia Tymoshenko na Alemanha ainda está em cima da mesa.”

Depois de ter estado reunido com o chefe de Estado ucraniano, Westerwelle reuniu-se com alguns líderes da oposição e com Evguenia Tymoshenko, a filha da primeira-ministra que está a cumprir uma pena de sete anos de prisão por abuso de poder.

Westerwelle alertou para os problemas relativos à “justiça seletiva” na Ucrânia e a União Europeia considera que a pena imputada a Tymoshenko tem por base uma simples questão de vingança política.

Certo é que este caso poderá comprometer as aspirações de Kiev de assinar um acordo de comércio livre com Bruxelas em novembro deste ano.

De acordo com a correspondente da euronews em Kiev, Angelina Kariakina, “os aspetos legais e políticos são os mais importantes nas negociações relativas ao possível tratamento de Iulia Tymoshenko no estrangeiro, nomeadamente em que condições a líder da oposição poderá deixar o território ucraniano.”