Última hora

Em leitura:

Crise de crédito na China assusta bolsas


Economia

Crise de crédito na China assusta bolsas

As bolsas asiáticas iniciaram a semana em forte queda, sobretudo, Xangai que registou a pior sessão em quatro anos, devido aos receios com uma crise de crédito na China.

O banco central da China vai manter uma política monetária prudente e de controlo da liquidez e não conseguiu tranquilizar face à recente subida das taxas interbancárias.

Na semana passada as taxas dispararam, enquanto se acumulam os sinais de desaceleração económica.

A instituição recusa injetar capitais. Considera a liquidez do sistema bancário razoável e diz que são os bancos que devem melhorar a gestão de tesouraria e controlar os empréstimos.