Última hora

Última hora

Líbano: exército toma controlo de mesquita de xeque radical sunita

Em leitura:

Líbano: exército toma controlo de mesquita de xeque radical sunita

Tamanho do texto Aa Aa

O exército libanês tomou o controlo da mesquita de Abra do xeque radical sunita Ahmad al-Assir, situada em Saïda, no sul do Líbano, onde estavam barricados milicianos hostis ao Hezbollah.

A operação do exército ocorre após dois dias de intensos combates que fizeram dezenas de mortos e feridos e que constituem a maior explosão de violência no Líbano desde o início do conflito na Síria que está a provocar uma aumento das tensões sectárias no país vizinho.

O exército afirma que 12 soldados morreram nos combates, mas de acordo com fontes de segurança 18 militares morreram e 128 ficaram feridos. Fontes médicas indicaram que foram encontrados no interior da mesquita corpos de pelo menos 22 milicianos. A Cruz Vermelha diz ter tratado 94 feridos.

A violência começou no domingo após a detenção de um apoiante do xeque Ahmad al-Assir, opositor à intervenção militar do Hezbollah xiita na Síria. No seguimento da detenção, os milicianos atacaram uma barreira militar.

Apesar de ter tomado o controlo da mesquita de Abra, o exército não conseguiu encontrar o xeque al-Assir. Ao que tudo indica, o seu irmão foi ferido durante os confrontos.