Última hora

Última hora

Quito analisa pedido de asilo de Snowden

Em leitura:

Quito analisa pedido de asilo de Snowden

Tamanho do texto Aa Aa

O Equador está a “analisar” o pedido de asilo de Edward Snowden, o informático norte-americano acusado de espionagem por Washington.

O ex-consultor da CIA e da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos chegou este domingo a Moscovo e deverá voar nas próximas horas para a capital cubana, Havana, antes de seguir para a Venezuela.

As autoridades norte-americanas revogaram-lhe o passaporte e exigem a sua extradição para os Estados Unidos.

Em visita oficial ao Vietname, o ministro equatoriano dos Negócios Estrangeiros confirmou o pedido de asilo, acrescentando que “é um tema que tem a ver com a liberdade de expressão, com a segurança dos cidadãos do mundo e com os direitos de confidencialidade das comunicações, por isso requer um estudo profundo”. Questionado sobre uma eventual decisão que possa afetar as relações entre Quito e Washington, Ricardo Patino disse que “há governos que atuam mais pelos seus interesses”. O Equador “atua tendo em consideração os Direitos Humanos”.

Snowden é procurado pelos Estados Unidos por ter tornado público o programa “Prism”, usado pelos serviços secretos norte-americanos para espiar comunicações telefónicas e através da internet.

Na tentativa de bloquear o caminho para o Equador, Washington pressiona agora Moscovo para estudar todas “as opções” para repatriar Snowden.