Última hora

Última hora

Orgãos feitos em 3D

Em leitura:

Orgãos feitos em 3D

Tamanho do texto Aa Aa

O transplante de órgãos tem uma das brilhantes histórias de sucesso da medicina moderna. Mas a escassez de órgãos é um problema permanente. Uma resposta pode ser cultivá-los artificialmente em laboratório.

Uma solução promissora, mas algo controversa.

Órgãos simples feitos em laboratório já estão a ser usados ​​em pacientes. Contudo, os desafios permanecem na criação de partes complexas.
Os investigadores estão agora a fazer experiências com fígados de porco.

Abritee Dhal: “O tamanho do fígado dos porcos é aproximado de um humano. Então, se somos capazes de retirar as células e colocar lá células humanas poderia ajudar na escassez de órgãos que são necessários para pacientes que sofrem de doenças do fígado, ou pessoas que precisam de rins “.

Os investigadores começam por remover as células do fígado porco, mas deixam intacta a estrutura subjacente.

A esperança é colocar células de fígado humano nessa estrutura e ver se conseguem crescer e multiplicar-se.

Anthony Atala: “Vários tipos diferentes de células criam esses tecidos e órgãos, mas a nossa preferência é usar as próprias células de um paciente, e células específicas do órgão, porque essas células já sabem o que fazer. Uma célula da traqueia já sabe que é uma célula de traqueia, e que vai criar uma célula traqueia para aquele paciente, para que não haja rejeição.”

O laboratório também está a tentar fazer rins com impressoras 3D, usando as células como “tinta”.

É um desenvolvimento interessante, mas a capacidade de fazer crescer e implantar órgãos vitais complexos nos seres humanos ainda tem um longo caminho a percorrer.