Última hora

Última hora

Austrália: Kevin Rudd está de volta

Em leitura:

Austrália: Kevin Rudd está de volta

Tamanho do texto Aa Aa

Kevin Rudd já prestou juramento como primeiro-ministro da Austrália, um cargo que conhece bem.

O antigo diplomata volta a assumir as rédeas do governo, após um interregno de três anos e depois de ter conquistado a liderança do Partido Trabalhista a Julia Gillard.

A formação aposta na popularidade de Rudd e tenta assim, contrariar a derrota – dada como certa pelas sondagens – nas legislativas de setembro.

A primeira mulher a dirigir a Austrália sai de cena depois de em 2010 ter derrotado Rudd que assumia, então, o cargo de primeiro-ministro.

A imprensa nacional fala de uma vingança política. Também, a população acredita que nada acontece por acaso:

“Ele planeou tudo ao pormenor e durante muito tempo. Penso que merece ter conseguido” refere um homem.

“Parece ser uma piada. O mundo inteiro está a falar sobre este assunto e creio que vai ter reflexos negativos para a sociedade australiana” afirma uma mulher.

A oposição defende a realização de eleições legislativas antecipadas em nome da estabilidade política da décima segunda economia mundial.