Última hora

Última hora

Espanha: Ex-tesoureiro do PP preso preventivamente

Em leitura:

Espanha: Ex-tesoureiro do PP preso preventivamente

Tamanho do texto Aa Aa

O antigo tesoureiro do Partido Popular (PP), que governa em Espanha, foi esta quinta-feira colocado em detenção provisória, no âmbito de uma vasta investigação por corrupção.

O juiz decidiu a prisão provisória de Luis Barcenas sem possibilidade de caução por suspeita de delitos contra a administração pública e os serviços fiscais e por branqueamento de capitais.

A justiça espanhola tinha descoberto há duas semanas uma segunda conta de Barcenas na Suíça. O juiz tenta, com esta decisão, evitar a fuga do suspeito e proteger os elementos de prova.

A detenção foi decidida no âmbito do caso Gürtel, um escândalo de corrupção que atinge a direita espanhola desde 2009, mas o ex-tesoureiro do PP está também envolvido no caso da eventual contabilidade oculta do partido, revelado no princípio do ano.

Barcenas e a mulher tinham sido acusados formalmente no dia 10 de junho de branqueamento de capitais, num caso relacionado com a venda fictícia de quadros.