Última hora

Última hora

Bernard Tapie arguido no "caso Adidas"

Em leitura:

Bernard Tapie arguido no "caso Adidas"

Tamanho do texto Aa Aa

O empresário francês Bernard Tapie foi constituído arguido no caso da venda da Adidas.

Tapie é acusado de fraude no processo arbitral de há cinco anos. Na altura, o tribunal arbitral deu-lhe uma indemnização de mais de 400 milhões de euros, para acabar com uma contenda entre ele e o banco Crédit Lyonnais.

O Ministério das Finanças era então ocupado pela atual diretora-geral do Fundo Monetário Internacional, Christine Lagarde, que foi ouvida no processo como testemunha, mas não chegou a ser formalmente acusada. Sobre ela recaíam suspeitas de favorecimento.

Tapie terá intercedido junto de Lagarde e do então Presidente da República, Nicolas Sarkozy, para ganhar este processo.

O empresário, antigo presidente do Olympique de Marselha, acusava o Crédit Lyonnais de o ter defraudado na venda da marca desportiva Adidas, de que era proprietário. Este negócio remonta a 1993.