Última hora

Última hora

Obama alerta para os perigos dos investimentos estrangeiros em África

Em leitura:

Obama alerta para os perigos dos investimentos estrangeiros em África

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama prossegue a sua visita à Àfrica do Sul, nas pisadas de Nelson Mandela, que permanece hospitalizado em estado crítico.

O presidente norte-americano jantou ontem com o presidente Jacob Zuma, em Pretória, onde falou do legado do Nobel da paz antes de evocar os perigos dos investimentos da China e do Brasil no continente africano.

Obama advertiu para o risco de que a presença dos países emergentes possa limitar-se à exploração de matérias-primas, sem trazer benefícios para as populações.

Obama falou ainda da luta contra o terrorismo no continente: “Há alguns grupos extremistas que não aceitam qualquer compromisso com a democracia e temos que ser realistas sobre este tema e é por isso que queremos reforçar a nossa parceria para ajudar os países africanos”.

Depois de reunir-se ontem com alguns familiares de Mandela, o presidente norte-americano vai deslocar-se hoje a Robben Island, onde o ícone da luta anti-apartheid esteve detido durante dezoito dos 27 anos que passou na prisão.

Obama deverá pronunciar um discurso sobre o legado de Mandela e os obstáculos à mudança no continente africano, quando o ex-presidente sul-africano livra aquele que poderá ser o seu último combate no hospital de Pretória.