Última hora

Última hora

Putin promulga lei que proíbe "propaganda" da homossexualidade perante menores

Em leitura:

Putin promulga lei que proíbe "propaganda" da homossexualidade perante menores

Tamanho do texto Aa Aa

Vladimir Putin promulgou, este domingo, as controversas leis contra a “propaganda” homossexual e que reprimem as “ofensas aos sentimentos religiosos” na Rússia.

A nova legislação prevê multas severas e mesmo penas de prisão para quem faça “propaganda para relações sexuais não tradicionais perante menores de idade.

O líder da comunidade gay na Rússia, Nikolai Alexeiev, considera que a decisão do presidente é “um erro histórico” e promete contestar a lei no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.

As “ofensas aos sentimentos religiosos dos fiéis” passam a ser punidos com uma pena que pode chegar aos três anos de prisão. Este diploma foi redigido na sequência do caso Pussy Riot, a banda que contestou Putin na Catedral de Moscovo.

Sábado, as manifestações pró e anti-gay, que estiveram frente-a-frente em São Petersburgo, terminaram com dezenas de detenções.