Última hora

Última hora

Confrontos entre manifestantes e polícia no exterior da final Brasil-Espanha

Em leitura:

Confrontos entre manifestantes e polícia no exterior da final Brasil-Espanha

Tamanho do texto Aa Aa

Um protesto junto ao estádio de Maracanã, onde decorreu a final da Taça das Confederações entre o Brasil e a Espanha, degenerou em confrontos entre manifestantes e a polícia.

Cerca de mil pessoas tinham desfilado antes pelas ruas do Rio de Janeiro em direção ao estádio. Os incidentes violentos registaram-se quando grupos de manifestantes tentaram forçar uma barreira erguida pelas forças de segurança a cerca de trezentos metros do local onde decorria a final.

Segundo meios de comunicação locais, pelo menos seis pessoas ficaram feridas.

A polícia antimotim foi visada com pedras e “cocktails molotov” e respondeu com granadas de gás lacrimogéneo. O fumo chegou a ser sentido dentro do estádio.

Durante a manhã, outras cinco mil pessoas tinham desfilado pelas ruas do Rio de Janeiro para denunciar o elevado investimento na organização de eventos como a Taça das Confederações ou o Mundial de 2014, em detrimento da saúde, da educação e dos transportes no Brasil.