Última hora

Última hora

Monstros e robôs regressam ao ecrã em "Pacific Rim"

Em leitura:

Monstros e robôs regressam ao ecrã em "Pacific Rim"

Tamanho do texto Aa Aa

Nem Godzilla, nem Transformers. Guillermo del Toro promete uma nova experiência com monstros e robôs em “Pacific Rim”, um filme apocalíptico com criaturas estranhas vindas das profundezas dos oceanos. Para enfrentar a ameaça, os homens criam os seus próprios monstros.

Guillermo del Toro:

““Pacific Rim” é um grande filme de aventuras com robôs gigantes e com monstros gigantes. Os robôs são comandados por dois pilotos, a partir da cabeça dos androides. Um controla o hemisfério direito, e o outro o esquerdo. Os dois pilotos têm que se unir numa única mente, agir como um único combatente para lutar contra os monstros. Eles são enormes, têm mais de 75 metros. São como edifícios ambulantes.”

O realizador mexicano é um apaixonado pelos desenhos animados japoneses desde criança. Foi nessa altura que nasceu o seu interesse pelos robôs.

Guillermo del Toro:

“Havia um manga em particular, um personagem robótico chamado Tetsujin 28, que na América era chamado “O Homem de Ferro”, não o da Marvel, mas o outro. O manga era sobre um robô que era controlado por um miúdo. Eu estava tão mergulhado nesse mundo que quando tinha febre, a minha imagem da febre quando chegava aos 40 graus, era o Tetsujin a voar em direção aos meus olhos. Eu podia acordar. Por isso estou impregnado de robôs gigantes.”

“Pacific Rim” chega aos ecrãs portugueses a 18 de julho.