Última hora

Última hora

Zona euro: Taxa de desemprego atinge 12,2% em maio

Em leitura:

Zona euro: Taxa de desemprego atinge 12,2% em maio

Tamanho do texto Aa Aa

O desemprego na zona euro atingiu em maio um novo máximo histórico.

Em Portugal, no mês passado, a taxa desceu duas décimas para os 17,6%. Mas continua a ser a terceira mais alta, atrás da Espanha, que regista 26,9%, e da Grécia.

Segundo o gabinete europeu de estatística, a taxa atingiu, em maio, na zona euro os 12,2%, o que corresponde a 19,3 milhões de desempregados. O número foi revisto em alta no espaço de 24 horas, com o Eurostat a justificar a subida com um erro dos dados em França.

Em maio de 2012, a taxa de desemprego na zona euro era de 11,3%. Num ano, um milhão e 300 mil pessoas perderam o emprego, face à degradação do ambiente económico.

Os jovens são os mais atingidos, fazendo aumentar as expectativas sobre o novo plano de ação dos líderes europeus.

A taxa média na zona euro é de 23,8%. Em Portugal supera já os 42%. Na Grécia ronda os 60%, segundo os dados de março. Surge depois a Espanha.

O Eurostat revelou também os dados da inflação. Em junho, o índice de preços ao consumidor subiu duas décimas para 1,6%, devido à alimentação, bebidas alcoólicas, tabaco e, sobretudo, a energia. Mas a a inflação continua abaixo da meta de 2% fixada pelo Banco Central Europeu.