Última hora

Última hora

Património de Oplontis em perigo

Em leitura:

Património de Oplontis em perigo

Tamanho do texto Aa Aa

Numa altura que a UNESCO deu ao governo italiano seis meses para apresentar um relatório sobre o progresso do estado de conservação do património arqueológico de Pompéia, outros tesouros históricos menos conhecidos na zona também podem estar em perigo.

Tal como Oplontis, onde as ruínas da Villa A ou Popéia são apelidadas das mais bonitas de Itália. As evidências sugerem que o Villa A era propriedade do imperador Nero e acredita-se ter sido ocupada pela sua segunda mulher, a famosa Popéia Sabina, quando não estava em Roma. Está ameaçada pela humidade, especialmente as paredes pintadas e os pisos de mosaico.

Recentemente os arqueólogos conseguiram novos indícios sobre o local original do palácio, acreditando que mudou durante a erupção do Vesúvio.

Elda Russo Ermolli, Geóloga: “A Villa em Oplontis tinha uma posição panorâmica com vista para o Golfo de Nápoles, na verdade, estava localizada logo acima do mar, num penhasco, que tinha cerca de 15 metros de altura. Este penhasco tinha um terraço, com jardins que permitiam o acesso à villa mesmo a partir da costa.”

A Villa é conhecida pelos magníficos frescos, pelos jardins e pela piscina olímpica. Apesar de todas estas atrações, a Villa tem um fraco circuito turístico, levando à incerteza sobre o seu futuro.

> Património italiano sofre com falta de dinheiro