Última hora

Última hora

Dia da Independência junto do USS Eisenhower

Em leitura:

Dia da Independência junto do USS Eisenhower

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de uma missão invulgarmente longa, o porta-aviões USS Dwight D. Eisenhower finalmente atracou no cais em Norfolk, Virginia, apenas a tempo para festejar o Dia da Independência (neste 4 de Julho). No cais, as famílias dos mais de 5.000 marinheiros aguardavam impacientemente a chegada, para valorizar este momento.

Uma das mães presentes mostrou estar ansiosa:

“Estou excitadíssima para ver o meu filho. Vão fazer-me chorar, não me façam isso”.
O ambiente é de festa, beijos e abraços. Um marinheiro segura no fiilho bebé pela primeira vez.
Stefan Grobe, correspondente da euronews, fala com o feliz papá:

- É a primeira vez que tem o bebé ao colo?

- Sim senhor, é a primeira.

- Parabéns.

- Obrigado.

- Que idade tem?

- Dez semanas.

De acordo com a Marinha, o Eisenhower realizou operações de segurança marítima, missões de cooperação e segurança, comando e controlo de operações de apoio às forças de coligação no Afeganistão, e também no Golfo Pérsico e no Norte Mar Arábico. Os pilotos fizeram 1.300 missões em mais de 8000 horas de voo.

“No 4 de julho aOs Estados Unidos celebram a liberdade e a independência. Hoje, milhares de famílias estão reunidas. Mas a próxima missão do USS Eisenhower já está agendada”, conclui o jornalista.