Última hora

Última hora

Egito já tem presidente interino

Em leitura:

Egito já tem presidente interino

Tamanho do texto Aa Aa

Adli Mansour já prestou sermão como presidente interino do Egito. O até agora presidente do Tribunal Constitucional assume a chefia do Estado até à realização de eleições.

Nas últimas 24 horas, um golpe de Estado militar depôs o presidente Mohamed Morsi. Entre celebrações e confrontos, 14 pessoas morreram e centenas ficaram feridas.

A queda do primeiro líder egípcio eleito desde a primavera Árabe, levanta muitas questões sobre o futuro do islão político que tem chegado ao poder na bacia do mediterrâneo.

Egito: Apoiantes de Morsi prometem continuar a resistir

A calma regressou esta manhã à praça Tahrir, epicentro da revolta que já tinha conduzido ao fim do regime de Hosni Mubarak em 2011.

Na sequência do golpe de Estado militar, o presidente deposto, Mohamed Morsi e vários membros da Irmandade Muçulmana, até agora no poder, foram detidos em diferentes locais pelos militares.

“Egito: Morsi deposto pelo Exército e detido no Ministério da Defesa:http://pt.euronews.com/2013/07/04/egito-morsi-deposto-pelo-exercito-e-detido-no-ministerio-da-defesa/

A imprensa egípcia desta manhã vê a queda de Morsi como um triunfo para o Egito. As televisões próximas do ex-presidente foram encerradas.

Tanto a União Europeia, como os Estados Unidos da América, apelaram à realização de eleições no Egito, o mais depressa que for possível, mas o Ocidente optou por não condenar o golpe de Estado.

O Hamas, considera que a mudança de poder não terá influência na situação da Palestina