Última hora

Última hora

Filipe considera-se apto para suceder ao pai

Em leitura:

Filipe considera-se apto para suceder ao pai

Tamanho do texto Aa Aa

Sai Alberto, entra Filipe. Vinte e quatro horas depois de o Rei Alberto anunciar a sua abdicação, o principe herdeiro prestou as primeiras declarações.

E como o pai disse ontem, Filipe considera-se bem preparado para a função, que pode não ser fácil.

A Bélgica vive momentos difíceis, com constantes ameaças à sua coesão nacional:

“Estou plenamente consciente das responsabilidades que tenho. Vou continuar a empenhar-me, do fundo do meu coração”, disse o herdeiro.

Nas ruas, há confiança no Principe Filipe que, a partir de 21 de Julho, Dia Nacional da Bégica, assumirá a chefia do Estado. Pode mesmo dar uma nova imagem do país, para o resto do mundo, diz uma jovem:

“Acho que ele será capaz de fazer coisas boas, para representar bem a Bélgica nos planos nacional e internacional.”

Thomas de Bargeyck é um jornalista, especializado nas questões da casa real belga.Ele diz que Filipe está bem preparado:

“Espero que ele se adapte rapidamente à função de soberano. Sobretudo, porque está muito melhor preparado do que estava o seu pai, Albert II, em 1993. Somos do tempo da quarta reforma do Estado, que foi o nascimento das comunidades e regiões. A Bélgica foi transformada num verdadeiro estado federal. Tudo isso aconteceu, há 20 anos. O príncipe Philippe teve tempo para se adaptar a isso”.