Última hora

Última hora

Rei da Bélgica abdica do trono

Em leitura:

Rei da Bélgica abdica do trono

Tamanho do texto Aa Aa

Alberto II da Bélgica vai abdicar do trono depois de vinte anos de reinado.

O anúncio foi feito pelo monarca de 79 anos numa alocução televisiva. A decisão foi justificada pela saúde periclitante e pela idade avançada. Alberto II disse que “chegou o momento de passar o testemunho à geração seguinte”.

O rei irá transferir a coroa para o filho, o príncipe Filipe, a 21 de Julho, o Dia Nacional da Bélgica.

Alberto II é o primeiro soberano a abdicar voluntariamente do trono na história do país. O Rei dos belgas é o segundo monarca a passar a coroa em 2013, depois da Rainha Beatriz da Holanda ter deixado em Abril o trono.

Em Bruxelas, um residente diz que vai sentir a falta de Alberto II, “que ofereceu bastante, porque atualmente [a Bélgica] é um país unido, onde todos se compreendem”.

Outro belga afirma que “não houve governo durante mais de 500 dias e o rei teve um papel importante como fator de unidade para o país”.

Para os partidos políticos, os media e a opinião pública, os olhos estão agora postos no “homem que se segue”.

O correspondente da euronews, Fred Bouchard, diz que “apenas a abdicação anunciada, a questão que todos colocam agora é se o príncipe Filipe está pronto para reinar? Pouco à vontade com os media, deverá gerir também os partidos separatistas flamengos, pouco dispostos a fazer favores à monarquia belga”.