Última hora

Última hora

Egito: Apoiantes de Morsi querem legitimidade do poder reposta

Em leitura:

Egito: Apoiantes de Morsi querem legitimidade do poder reposta

Tamanho do texto Aa Aa

Queda do regime de Mohamed Morsi, detenção de centenas de membros da Irmandade Muçulmana… Para os militantes do partido no poder até há pouco mais de 24 horas, os últimos acontecimentos no Egito são inaceitáveis.

A Irmandade Muçulmana convocou uma conferência de imprensa para exprimir publicamente a sua posição. “Consideramos responsáveis todos os que participaram no golpe e que fizeram com que acontecesse e serão responsáveis por tudo o que possa acontecer ao Presidente legítimo da nação, o Dr. Mohamed Morsi”, afirmou Gehad El-haddad, porta-voz do partido.

Centenas de apoiantes do ex-chefe de Estado egípcio juntaram-se à frente da Universidade do Cairo e prometem não arredar pé enquanto a legitimidade do poder não for reposta e dizem estar prontos a morrer por essa causa.

“Eu não sou militante de nenhum partido político, mas vim aqui para defender a legitimidade do Presidente Morsi”, afirma um manifestante.

Mas não foi só no Cairo que houve manifestações contra o golpe de Estado. Um pouco por todo o país, foram organizadas marchas de protesto contra o golpe de Estado. Milhares de egípcios saíram às ruas de cidades como Alexandria ou Ismailia para exigirem o regresso ao poder do primeiro Presidente democraticamente eleito no Egito.