Última hora

Última hora

Maduro ataca Rajoy por causa de avião de Morales

Em leitura:

Maduro ataca Rajoy por causa de avião de Morales

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, chamou infame ao governo espanhol de Mariano Rajoy por causa da recusa de sobrevoar o espaço aéreo dada ao presidente da Bolívia Evo Morales, uma atitude que tiveram também os governos de França e Portugal.

Esta recusa deveu-se, alegadamente, aos rumores de que o antigo perito da NSA Edward Snowden, procurado nos EUA, estaria a bordo.

“O governo espanhol de Rajoy é infame e vamos reavaliar as nossas relações com Espanha. Com o governo, não com o povo de Espanha, que foi solidário com Evo Morales e com Snowden. O que o governo fez é infame”, disse Maduro.

O incidente com o avião de Morales, que regressava à Bolívia vindo de Moscovo, gerou contestação por toda a América Latina. O avião foi obrigado a fazer uma escala de 14 horas em Viena.

Em Portugal, um grupo de deputados do Partido Socialista pediu explicações ao governo sobre a recusa de aterrar dada ao avião de Morales.