Última hora

Última hora

Polícia turca impede manifestação na praça Taksim

Em leitura:

Polícia turca impede manifestação na praça Taksim

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia turca dispersou, com gás lacrimogéneo e canhões de água, vários milhares de pessoas que se dirigiam à praça Taksim de Istambul, o epicentro dos recentes protestos.

Isto apesar da justiça ter declarado ilegal o projeto do governo de transformar a zona verde da praça, o parque Gezi, num centro comercial.

Essa foi a decisão que acendeu o rastilho das manifestações que duram há várias semanas na Turquia e que acabaram por transformar-se num protesto alargado contra o poder do primeiro-ministro Recep Tayyp Erdoğan e do partido AKP.

Além de dispersar todos os manifestantes que se encaminhavam para a praça, a polícia cercou a zona para impedir o regresso dos protestos.

Acabou por abandonar o cerco ao início da noite, deixando a praça aos turistas e aos habitantes de Istambul. Os ajuntamentos na praça Taksim continuam a ser proibidos. O parque Gezi, no centro da polémica, deve reabrir ao público ainda hoje.