Última hora

Última hora

Andy Murray já fez história mas quer mais

Em leitura:

Andy Murray já fez história mas quer mais

Tamanho do texto Aa Aa

Quando Fred Perry venceu Wimbledon em 1936 estaria longe de imaginar que 77 anos depois, as imagens da sua vitória ainda seriam transmitidas um pouco por todo o mundo como o último britânico a vencer o Grand Slam inglês.

Isto até Andy Murray ter quebrado o jejum ao derrotar Novak Djokovic na final do All England Club este domingo. Para o escocês, finalista vencido o ano passado, a principal mudança foi na atitude, uma vez que “não sabia se valia a pena todo o esforço porque nunca tinha ganho um torneio de Grand Slam” mas que tudo mudou depois da sua vitória no Open dos Estados Unidos o ano passado.

A evolução de Murray desde que começou a ser treinado por Ivan Lendl é notória e culminou com o triunfo no único Grand Slam que faltou na brilhante carreira do checo.

Talvez o futuro do número dois do mundo lhe reserve também uma estátua em Wimbledon, junto a Fred Perry, mas a sua próxima preocupação passa pelo ataque à liderança de Novak Djokovic no ranking mundial.