Última hora

Última hora

Egito: Confrontos entre o exército e militantes da Irmandade Muçulmana fazem dezenas de mortos

Em leitura:

Egito: Confrontos entre o exército e militantes da Irmandade Muçulmana fazem dezenas de mortos

Tamanho do texto Aa Aa

No Egito, a Irmandade Muçulmana apelou à sublevação, após confrontos entre militantes seus e o exército, em que pereceram dezenas de pessoas daquela organização e mais de uma centena ficou ferida.

Num comunicado, o exército defendeu que “terroristas armados” atacaram a sede da Guarda Republicana, no Cairo, onde supostamente foi detido Mohamed Morsi.
Segundo a mesma fonte, um oficial foi morto e vários soldados ficaram feridos.

“Quem disparava mais eram os militares. A polícia também disparou, mas os militares dispararam mais. Fomos traídos pelo exército dos judeus. Vi com os meus próprios olhos”, disse um manifestante ferido.

A Irmandade Muçulmana do Egito também apelou hoje a uma intervenção internacional para evitar uma “nova Síria”.