Fechar
Login
Por favor, introduza os seus dados de login

Skip to main content

EUA: Piloto do Boeing 777 sinistrado estava a ter formação
close share panel

Share this article

Twitter Facebook
| Partilhe este artigo
|

O piloto aos comandos do Boeing 777 que se despenhou no aeroporto de São Francisco, era experiente, mas estava a ter formação naquele tipo de aparelho, indicou a Asiana Airlines, proprietária do avião.

Lee Kang-Kuk, de 46 anos, tem mais de 9.000 horas de voo, mas apenas 43 naquele modelo.

Segundo as autoridades norte-americanas o avião fez uma aproximação à pista a uma velocidade “significativamente abaixo” do normal.

“O controlador de tráfego declarou uma emergência. Não foram registados posteriormente quaisquer outros pedidos de socorro ou de apoio especial nas gravações das conversas entre a torre de controlo e a tripulação da Asiana”, refere Deborah Hersman da agência de segurança de transportes norte-americana (NTSB).

Contudo, toda a tripulação foi enaltecida pelo seu desempenho na evacuação dos passageiros do avião sinistrado.

“Na minha opinião, a tripulação da Asiana Airlines fez um trabalho fenomenal, colocando os passageiros em primeiro lugar e ficou até ao fim para se assegurar que toda a gente estava em segurança. Estive em contacto com uma comissária de bordo e ela estava tão composta que pensei que tinha vindo do terminal”, afirmou uma responsável dos bombeiros de S. Francisco.

Os peritos norte-americanos recuperaram as caixas negras do avião, que foram levadas para a sede da agência de segurança de transportes norte-americana (NTSB).

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre
| Partilhe este artigo
|