Última hora

Última hora

O escocês que quer correr como os quenianos

Em leitura:

O escocês que quer correr como os quenianos

Tamanho do texto Aa Aa

Andrew Murray pode muito bem partilhar o nome e a nacionalidade escocesa com o novo campeão em Wimbledon mas as semelhanças ficam-se por aí. Este dedica-se às ultramaratonas e até venceu a última maratona do Polo Norte. Agora propõe-se correr 50km por dia durante 17 dias no Quénia e Tanzânia, a começar pela subida ao Kilimanjaro.

A expedição começou bem, com o escocês a demorar pouco mais de sete horas para chegar ao topo da montanha mais alta do continente africano.

O objetivo de Andrew Murray, especialista em medicina desportiva é descobrir por que razão os atletas desta região estão entre os melhores do planeta.