Última hora

Última hora

Tour: Froome resiste de amarelo, Rui Costa sobe ao 10.º lugar

Em leitura:

Tour: Froome resiste de amarelo, Rui Costa sobe ao 10.º lugar

Tamanho do texto Aa Aa

Daniel Martin, da Garmin, impôs-se ao sprint na nona etapa da centésima edição da Volta a França em bicicleta, um dia em que a Movistar, de Rui Costa, expôs as fragilidades da Sky com o português a entrar para o ‘top ten’ da classificação geral.

Nos Pirenéus, os 168,5 quilómetros entre Saint-Girons e Bagnères-de-Bigorre contavam com quatro contagens de montanha de primeira categoria e uma de segunda.

A Movistar atacou logo na primeira subida do dia e arrasou com a Sky, tendo Cris Froome ficado sozinha na defesa da camisola amarela. O seu colega de equipa, Richie Porte, segundo à saída para a tirada, acabou por perder 18 minutos e ficou fora da corrida ao triunfo.

Aproveitando a batalha entre a Sky e a Movistar, Daniel Martin e Jakob Fuglsang isolaram-se, com o irlandês da Movistar a impor-se na meta ao dinamarquês da Astana. Os favoritos chegaram 20 segundos mais tarde, um grupo onde estava o português Rui Costa – 20.º na tirada – e o seu chefe de fila na Movistar, Alejandro Valverde, que ascendeu ao segundo posto da geral, a 1.25 minutos de Chris Froome. Rui Costa subiu ao 10.º lugar, a 2.45 minutos do camisola amarela do Tour. Esta segunda-feira, o pelotão da Volta a França tem o seu primeiro dia de descanso.