Última hora

Última hora

Morte de jovem provoca onda de manifestações racistas na Rússia

Em leitura:

Morte de jovem provoca onda de manifestações racistas na Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

Na Rússia, uma vila está tomada pelo ódio racial.

A polícia viu-se obrigada a aplicar medidas de segurança extremas em Pugachev, na região de Saratov, no centro do país, depois dos motins que se seguiram à morte de um paraquedista, esfaqueado por um adolescente checheno.

Aparentemente, a morte do jovem, de 20 anos, nada a teve a ver com ódio racial ou com o facto de ser militar. Tratou-se, segundo as testemunhas, de uma rixa à porta de um café, por causa de uma rapariga.

No entanto, começaram a multiplicar-se as manifestações para pedir a expulsão da comunidade chechena.

Os manifestantes chegaram a bloquear uma estrada principal e a ameaçar destruir um café frequentado pelos chechenos.

A polícia, entretanto, anunciou que tem a situação sob controlo e desmentiu que o exército esteja pronto a enviar homens e blindados para esta vila de 40.000 habitantes.