Última hora

Última hora

Ramadão assinalado pela primeira vez por um canal britânico

Em leitura:

Ramadão assinalado pela primeira vez por um canal britânico

Tamanho do texto Aa Aa

É a primeira vez que um canal britânico decide adaptar a grelha de programação ao calendário do ramadão muçulmano.

Desde ontem e até dia 7 de Agosto, que o Channel 4, difunde vários clips à hora do primeiro chamamento para a oração, às 3 da manhã.

Uma medida defendida pelos responsáveis do canal semi-público, como uma forma de dar voz às minorias no país e diminuir a suspeita que recai sobre a comunidade religiosa.

“O nosso objetivo é, antes de mais, de chamar a atenção para uma minoria bastante importante na Grã-Bretanha. Cerca de três milhões de muçulmanos vivem no país e esta programação pretende também assinalar o calendário do Ramadão e as tradições desta época”, afirma Ralph Lee, da direção de programas do Channel 4.

Uma decisão criticada, no entanto, e sem supresas, pelas formações de extrema-direita do país, mesmo que o Channel 4 seja, desde a sua criação, um canal destinado a representar as minorias no ecrã.

Nas ruas a decisão do canal é aplaudida com algumas reservas:

“Muita gente que não é muçulmana pensa que esta é uma má decisão, que o Islão está a controlar o país, etc, etc, o que está longe de ser uma realidade. Mas muitos muçulmanos também pensam que se trata de uma provocação que surge num mau momento”.

“Mesmo no meu país, o Bangladesh, a maioria dos canais não transmite o chamamento para a oração, por isso penso que é uma ideia excelente que vai aumentar a confiança junto da comunidade muçulmana”.

Com um chamamento para a oração em estilo de “videoclip” musical, o canal pretende retratar no ecrã um Islão moderno, em perfeita coabitação e sem quaisquer associações ao terrorismo.