Última hora

Última hora

Cavaco Silva propõe acordo de médio prazo entre PSD, CDS e PS

Em leitura:

Cavaco Silva propõe acordo de médio prazo entre PSD, CDS e PS

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente português propôs um “compromisso de salvação nacional” entre o PSD, o CDS e o PS.

No discurso à nação, Cavaco Silva não fez uma referência explícita à remodelação governamental proposta pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, que previa a subida de Paulo Portas a vice-primeiro-ministro.

O presidente defendeu que as legislativas antecipadas só devem ter lugar depois do fim do programa de ajustamento, a partir de Junho de 2014.

Cavaco Silva: “Um cenário de eleições legislativas no atual contexto seria extremamente negativo para o interesse nacional. A terem lugar proximamente, as eleições iriam processar-se num clima de grande instabilidade financeira e seria muito elevado o grau de incerteza e a falta de confiança dos agentes económicos e dos mercados no nosso país.”

Se o PSD e o CDS se mostraram abertos ao “compromisso” pedido por Cavaco, já os socialistas disseram que vão aguardar as iniciativas do presidente sobre o acordo de médio prazo proposto. O PS voltou a defender a convocação imediata de eleições, enquanto continuam na rua os protestos contra a austeridade.