Última hora

Última hora

Madrid aprova cortes no setor energético

Em leitura:

Madrid aprova cortes no setor energético

Tamanho do texto Aa Aa

O governo espanhol aprovou uma reforma do setor energético, esta sexta-feira, para reduzir a fatura do Estado. Madrid quer dividir o mal pelas aldeias pelo que vai cortar as ajudas às empresas do setor e aumentar a fatura do consumidor final.

O défice acumulado do setor energético é de 26 mil milhões de euros, um buraco que aumenta 4 mil milhões de euros todos os anos.

O governo conservador de Mariano Rajoy decidiu reduzir as ajudas às empresas de produção e de distribuição de energia em 2,7 mil milhões de euros e aumentar a fatura aos particulares em 3,2 por cento, para arrecadar mais 900 milhões de euros. Finalmente, o executivo criou um encargo no orçamento de Estado de 900 milhões de euros. No total, Madrid pretende obter uma poupança de 4,5 mil milhões de euros por ano.